Estoque, PEPS e UEPS.

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

[vc_row][vc_column][vc_column_text]No último artigo sobre estoque, nós abordamos seu conceito teórico e explicamos quais são os principais tipos de estoques que diferentes empresas podem ter.

Estoque de matéria-prima, estoques de produção, estoque de materiais para revenda, estoque de utensílios e muitos outros. Mas você saberia me dizer como devem ser feitos os controles de tudo que entra e de tudo que sai de nossas empresas?

Você saberia me dizer qual a diferença entre uma gestão PEPS e UEPS?

O artigo de hoje vem justamente para esclarecer esses pontos. Vamos ao tema!

Primeiro que entra, primeiro que sai.

Imagine uma empresa que vende frutas e legumes, sendo que estes são produtos perecíveis e que após um tempo não servem mais para consumo. Imagine agora que seu fornecedor tenha lhe entregado a seguinte lista na segunda feira de manhã:

  • 3kg de banana
  • 4kg de maçã
  • 1kg de chuchu
  • 5kg de tomate

Você então vai até o seu estoque e aloca as mercadorias recebidas para revenda, pedindo posteriormente que o seu contador registre tais entradas nos registros contábeis da empresa.

Na quinta-feira o fornecedor retorna à sua empresa e entrega novamente o mesmo número de frutas e legumes, sendo que você realizará novamente a ação de alocar as mercadorias no estoque e pedir para que sejam registradas pelo contador.

Agora eu lhe pergunto: Como você irá dispor as frutas e legumes em exposição na sua loja? Você irá ao seu estoque e pegará aleatoriamente as bananas, maçãs e tomates? Ou selecionará as frutas que chegaram primeiro (na segunda-feira) para evitar que elas apodreçam?

A resposta mais lógica nessa situação certamente é: Primeiro que entra, primeiro que sai.

O PEPS (Primeiro que Entra, Primeiro que Sai) é um método de contabilização que leva em conta a ordem em que os produtos entram baseado na ordem de entrada. No PEPS as primeiras mercadorias adquiridas serão também as primeiras a serem postas para venda.

Utilizado principalmente por empresas que trabalham com produtos que possuem datas de validades de curto a médio prazo, esse sistema auxilia o controle no fluxo de compra e venda, evitando que a empresa tenha prejuízos e perdas com produtos estragados ou que perderam sua funcionalidade. Outra vantagem do PEPS é a possibilidade da empresa realizar suas vendas com descontos e promoções quando os produtos são registrados individualmente pelo seu preço de entrada e o contador sabe exatamente quanto custou cada aquisição, tendo maior controle sobre os valores de entrada e saída.[/vc_column_text][vc_column_text]




[/vc_column_text][vc_column_text]Eu sou um bloco de texto. Clique no botão Editar (Lápis) para alterar o conteúdo deste elemento.

[/vc_column_text][vc_column_text]Se estivermos falando de matéria prima para a produção de um bem, a empresa se utilizará dos materiais do primeiro lote que entrou no estoque até sua total utilização, partindo depois para a utilização do segundo lote mais antigo e assim por diante. Isso justificaria, por exemplo, os custos variáveis que algumas empresas possuem nos mesmos itens de produção, devido às variações dos preços de aquisições de matéria prima em cada novo lote.

Método de contabilização:

36 - estoque peps

Último que entra, primeiro que sai.

Imagine uma loja de computadores e aparelhos eletrônicos que vende os produtos mais modernos e tecnológicos que as empresas estão lançando. Sendo assim, toda novidade que sai no mercado vai direto para as prateleiras a fim de satisfazer seus clientes.

Nessa loja, o setor de compras realizou a compra de um lote de 1000 unidades do mais novo smartphone iMaçã 4 e colocou eles para venda. Cerca de três meses depois, foi lançado no mercado o iMaçã 5 com muitos mais aplicativos para seus usuários. Como o novo smartphone é a novidade do momento, a loja foi obrigada a adquirir outro lote deste produto.

Agora vamos pensar juntos… os clientes aficionados por tecnologia vão preferir o iMaçã 4 ou o iMaçã 5? É claro que o iMaçã 5!

Nesse caso o último lote de produtos que entrou no estoque será o primeiro a sair, visto que o público da empresa irá preferir os produtos lançados por último, ou seja, os mais tecnológicos.

O UEPS (Último que Entra, Primeiro que Sai) é um de contabilização que leva em conta a ordem inversa em que os produtos entram baseado na data mais recente. No UEPS as últimas mercadorias adquiridas serão as primeiras a serem postas para venda.

Este método não é aceito pela Receita Federal uma vez que ele absorve maiores impactos econômicos como variações de preços pela inflação, aumento de impostos e etc., o que pode encarecer o produto e diminuir a margem de lucro.

Método de contabilização:

36 - estoque ueps

Se gostou do artigo sobre PEPS e UEPS não deixe de compartilhar com os amigos!

Até a próxima.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Deixe uma resposta